xej2xs7l

Estoque de peças e produtos: 4 erros comuns em uma oficina mecânica

O mercado de manutenção automotiva tem se tornado bastante competitivo ao longo dos anos, seja em cidades pequenas ou em grandes centros comerciais. Com a concorrência, proprietários de oficinas precisam se desdobrar para que sua empresa se destaque dentro deste cenário. Este trabalho exige muita dedicação por parte dos envolvidos. Para isso, os responsáveis não podem mais perder tempo se preocupando com questões simples, como resolver o problema de falta de peças e produtos no estoque de uma oficina.

É claro que é impossível ter todas as peças de reposição disponíveis dentro de uma loja, por conta do espaço físico, capital de giro elevado e outros tantos fatores. Ainda assim, ter a quantidade certa dos produtos mais requisitados fará com que um comércio se destaque no mercado atual.

Pense no seguinte cenário: um cliente chega para fazer um pequeno reparo em um carro de modelo popular e descobre que precisará esperar a chegada de uma peça ou de um produto. Com isso, o veículo só ficará pronto no dia seguinte. No entanto, o concorrente desta oficina mecânica já possui as peças e produtos em mãos. Ele entrega o carro arrumado em cerca de uma hora. Por mais que o serviço seja um pouco mais caro, o cliente foi conquistado pela rapidez no trabalho. Isso é consequência de uma organização de estoque.

Para evitar um estoque desorganizado e prejudicial, listamos quatro erros comuns na hora de gerir estes espaços dentro de uma oficina mecânica.

4 ERROS COMUNS AO GERIR O ESTOQUE DE PEÇAS E PRODUTOS DE UMA OFICINA MECÂNICA

  1. Falta de peças e produtos de uso constante

A principal diferença entre uma oficina mecânica que consegue executar serviços de reparo rapidamente e outra que leva mais tempo para finalizar o serviço é o estoque de peças e produtos de uso constante.

Ao gerir o estoque, priorize os itens que sua equipe mais usa, especialmente todos aqueles relacionados às suas especificidades de trabalho – seja mecânico, elétrico ou de funilaria, por exemplo. Ou seja, atender rapidamente fará com que sua imagem juntos aos clientes seja valorizada, aumentando o nível de profissionalismo do seu trabalho.

Se o seu forte é o atendimento de fluidos, tenha sempre produtos para trocas relacionadas aos sistemas de arrefecimento, freios, motor, ou qualquer outro componente do veículo que dependa dessas situações.

É claro que, se a demanda acabar aumentando rapidamente, pode acontecer de o estoque de peças e produtos não ser o suficiente. Tenha esses detalhes e mente e saiba como se adaptar às dificuldades.

  1. Não padronizar a maneira como o estoque é utilizado

Colaboradores precisam seguir uma metodologia de uso do estoque para que sua funcionalidade seja a melhor possível. Defina um checklist junto aos seus mecânicos, ajudantes e compradores para padronizar procedimentos de retirada de itens do estoque, venda e reposição de peças e produtos.

Sendo assim, este sistema de trabalho reduzirá erros no inventário e otimizará todo o processo da empresa, além de garantir o controle de saída e reposição de itens – essenciais ou não.

  1. Estoque desorganizado

Fazer com que um mecânico procure uma peça ou um produto dentro do estoque é um trabalho desgastante e prejudicial. Além do mais, é difícil controlar o estoque de peças se não houver um padrão no espaço físico. Mantenha o ambiente organizado, separando itens de acordo com categorias e frequência de uso. Invista também na limpeza e no controle de compra e vendas, para que nenhum problema de última hora apareça.

  1. Não criar parcerias com fornecedores

Ter empresas fornecedoras ao seu lado pode oferecer uma série de benefícios para a gestão do estoque de peças e produtos da sua oficina mecânica. Como exemplo estão as condições facilitadas no pagamento, apoio em todas as etapas do processo logístico, agilidade na entrega e reposição dos itens e garantia de um bom trabalho pós-venda.

Além disso, ter uma empresa como parceira abre possibilidades para agendar um calendário de fornecimento, dispensando um trabalho grande de pesquisa de preço e condições de pagamento. Assim sobra mais tempo para se concentrar naquilo que é prioridade. Tudo isso sem falar na qualidade dos produtos disponíveis na sua oficina.

Conte com a Sieger como parceira do seu negócio! Fornecemos produtos químicos automotivos das mais diversas categorias, tanto para reparo ou manutenção do veículo.

Confira nosso catálogo e entre em contato com nossos representantes para saber como a Sieger pode te ajudar. São mais de 70 itens a disposição, todos com tecnologia de ponta e qualidade indiscutível.

Facebook
Twitter
LinkedIn